Educação para a mudança

Compromisso da CoPPA com a educação para a mudança
Na qualidade de profissionais e especialistas no campo das ciências da educação, psicologia, psiquiatria, sociologia e da defesa dos direitos humanos, temos um compromisso de trabalhar conjuntamente com organismos governamentais promovendo e implementando uma educação para a mudança, mediante o impulso de estratégias pedagógicas e políticas que tenham como eixo central a prevenção da violência e o desenvolvimento de atitudes compassivas.
Um dos objetivos centrais da educação deve ser o de “equipar os estudantes com a capacidade e o compromisso para empreender ações efetivas, apropriadas e responsáveis em relação às problemáticas sociais, econômicas, ambientais, éticas e morais” (Hodson, 2003).
Numerosos estudos e pesquisas têm demonstrado que existe uma estreita relação entre uma educação na empatia e a diminuição do bullying, a violência escolar e as agressões para com os outros. Recentemente, as instituições do âmbito educacional começaram a incluir os resultados desses estudos no desenvolvimento de programas educativos que promovam atitudes pró-sociais nos estudantes para prevenir a violência para com os outros, com resultados positivos para o bem-estar coletivo.
CoPPA mantém o objetivo de contribuir para uma educação enfocada no desenvolvimento da empatia para com os outros, impulsionando estratégias pedagógicas e atividades didáticas para reforçar os princípios de uma educação que promova condutas inclusivas, a justiça social e a construção de uma cultura de respeito para com todos.

Projetos educacionais

Projeto-piloto em Córdoba, Argentina. Educação para a mudança em um colégio público. Em processo, 2014.

Com a colaboração conjunta da Australian Catholic University, a Fundação Franz Weber e a CoPPA.
Localização: aulas de ciências nas salas de aulas de um colégio público de Córdoba, Argentina.
Participantes: grupo de 60 meninos e meninas de grau médio nas aulas de ciências.
Pesquisadora principal: Dra. Carolina Castaño, Conselho Assessor de CoPPA e docente da Faculdade de Educação da Australian Catholic University.
Descrição do projeto: implementação e avaliação de um programa educativo nas aulas de ciências. A iniciativa consiste no desenvolvimento de um projeto-piloto em torno da educação na empatia, no âmbito das aulas de ciências de um colégio localizado na cidade de Córdoba (Argentina). Para isso, realizou-se a pertinente formação prévia do corpo docente para a posterior implementação do programa educativo fundamentado na Teoria do Care e na Teoria da Bioética, incluindo estes princípios de aprendizagem e ensino durante as aulas a um grupo de alunos de nível médio. O objetivo principal recairia na avaliação dos possíveis benefícios do programa educativo, sua contribuição na promoção de condutas que refletem uma ética do cuidado, assim como o possível papel do desenvolvimento da empatia na prevenção da violência.

logos_educacion_cambio_1

 

Projeto-piloto com crianças em situação de vulnerabilidade na localidade de San Marcos Sierras, Córdoba (Argentina). Espaços para a interação positiva entre animais e sociedade (EIPAS). Em processo, 2014.

Estudo impulsionado pela Fundação Franz Weber, em colaboração com a Australian Catholic University e a Coordenadora de Profissionais pela Prevenção de Abusos (CoPPA).

proyecto_piloto

Localização: Santuário Equidad, San Marcos Sierras, Córdoba (Argentina).
Participantes: meninos, meninas e adolescentes atendidos no Lar de Crianças da Fundação Sierra Dorada. http://www.sierradorada.com.ar.
Pesquisadora principal: Dra. Carolina Castaño, Conselho Assessor de CoPPA e docente da Faculdade de Educação da Australian Catholic University.
Descrição do projeto: EIPAS tem como objetivo avaliar os benefícios potenciais da interação positiva entre pessoas e animais. Especificamente, o projeto conta com a participação de crianças da Fundação Sierra Dorada e os animais do Santuário Equidad, ambos os centros situados na localidade de San Marcos Sierras, Córdoba (Argentina). Iniciativa baseada em pesquisas que sustentam que o desenvolvimento da empatia para com os animais nas crianças pode gerar uma redução da agressividade e uma melhor relação interpessoal entre os humanos mediante a potencialização da solidariedade, da cooperação e da inclusão. Pretende-se, assim, contribuir para uma abordagem educativa pioneira através da qual humanos e animais se beneficiem em um processo de interação positiva. Os resultados obtidos poderiam validar as hipóteses prévias, dando lugar à aplicabilidade do projeto a outros programas educativos.

ONG participantes do projeto:

logos_educacion_cambio_2

 

Conferência e proposta de um projeto-piloto para a educação na empatia na República do Peru:

Iniciativa em colaboração com o congressista da Republica do Peru, José Urquizo Maggia e a Plataforma Crean no Peru.

conferencia_proyecto_piloto

Localização: Ministério de Educação do Peru e Congresso de Deputados da República do Peru.
Descrição: com a finalidade de impulsionar e promover uma educação na empatia e, em especial, para atender a necessidade de deter e prevenir o problema de brigas e violência escolar no Peru, a CoPPA, em colaboração com o congressista José Urquizo Maggia e a Plataforma Crean no Peru, empreendeu ações no Peru que incluem 1) apresentação e palestra no congresso da República do Peru (23/10/2013), onde a Dra. Carolina Castaño (palestrante) e o professor Mateo Mario Salazar Ávalos (palestrante e moderador), ambos membros do Conselho Assessor da CoPPA, expuseram a evidência empírica que assinala os benefícios para os estudantes e a sociedade de uma educação baseada no respeito para com humanos e animais, assim como os resultados positivos obtidos por projetos-pilotos e programas educativos que incluem a ideia de que o fomento do desenvolvimento de atitudes positivas para com os animais gera condutas positivas para com os humanos; 2) reuniões com o Ministério da Educação para analisar suas necessidades e objetivos principais, assim como para conhecer os aspectos do currículo escolar no Peru e 3) posterior apresentação de uma proposta para um projeto-piloto que incluía a formação e capacitação de um grupo seleto de docentes do Peru, as mudanças curriculares enfocadas na inclusão da empatia na educação e as diretivas e especificações para o desenvolvimento do projeto e a posterior avaliação de resultados em vista de uma possível implementação do programa a nível nacional.

logos_educacion_cambio_3